Error
Publicidade

Policial dá tiro de bala de borracha em goleiro após jogo

O incidente ocorreu após a partida da divisão de acesso do Campeonato Goiano

11/07/2024 às 10h14 Atualizada em 11/07/2024 às 10h43
Por: Redação VOX
Compartilhe:
Foto: Vox
Foto: Vox

O goleiro Ramón Souza, do Grêmio Anápolis, foi atingido por um tiro de bala de borracha disparado por um policial durante a 12ª rodada da Divisão de Acesso do Campeonato Goiano. O incidente ocorreu após a partida contra o Centro-oeste, nesta quarta-feira (10), no Estádio Jonas Duarte, em Anápolis. O jogador foi atendido e está fora de perigo.

Um vídeo que mostra o momento do disparo viralizou nas redes sociais. Em resposta, o Grêmio Anápolis divulgou uma nota de repúdio, condenando o ato e destacando as imagens fortes do atleta com a perna esquerda sangrando. Segundo a publicação, o policial responsável pelo disparo pertence à Companhia de Policiamento Especializado (CPE).

"O Grêmio Anápolis vem a público repudiar o lamentável, ridículo e revoltante acontecimento no Estádio Jonas Duarte, na noite desta quarta-feira (10), pela décima segunda rodada da Divisão de Acesso", afirma a nota do clube.

O Ministério do Esporte também se pronunciou sobre o ocorrido durante a partida entre Grêmio Anápolis e Aparecida, afirmando que este tipo de conduta vai contra os princípios básicos de segurança e integridade física que devem ser garantidos a todos os envolvidos no esporte.

Em nota, a PM informou que “foi determinado imediatamente a abertura de procedimento administrativo para apurar os fatos com o devido rigor” e que “A Polícia Militar de Goiás reafirma o compromisso com o cumprimento da lei, e reitera que não compactua com qualquer desvio de conduta praticado por seus membros”.

VEJA O VÍDEO:

https://www.instagram.com/reel/C9SJv9WxeBb/?igsh=bDk2OThnN2JwYWo=

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários